Notícia

Esportes - 06/07/2011 - Inter vence mais uma e chega ao G4


Com gol de Oscar, Inter bate o Atlético-PR por 1 a 0

 

Foi apertado, mas o placar de 1 a 0 em cima do Atlético-PR foi o suficiente para o Internacional assumir temporariamente a 3ª colocação no Campeonato Brasileiro, com 15 pontos, na largada da 8ª rodada.

Oscar, aos 29 minutos do segundo tempo foi o autor do gol solitário da noite desta quarta-feira no Beira-Rio que garantiu ao time de Falcão a terceira vitória consecutiva na competição.

O embalo tentará ser mantido no próximo sábado diante do Vasco da Gama, às 18h30min, em São Januário.

 

- O jogo

Amarrada. Assim começou a partida entre o Colorado e o Furacão. Escalados com apenas um atacante e postados muito atrás, os visitantes trataram de truncar o toque de bola dos donos da casa. E conseguiram ao menos até o primeiro quarto do confronto.

Apesar do maior tempo com a posse da bola, o Internacional somente foi dar o primeiro chute em gol aos 17 minutos, quando Zé Roberto tentou de fora da área, mas isolou por cima. Pouco antes, Fabrício, o substituto do suspenso D’Alessandro, também de longe, carimbou um zagueiro que estava bem à sua frente.

Foi preciso esperar até os 26 para que a corajosa torcida que encarou o frio na casa dos 10 graus pudesse levantar pela primeira da arquibancada na esperança de ver um gol. Em jogada individual dentro da área pela direita, Zé Roberto foi ao fundo e na tentativa de cruzar para Fabrício, viu o goleiro Renan Rocha brilhar pela primeira vez ao defender com a perna. No mesmo minuto, Fabrício passou pelo zagueiro Manoel no fundo pela esquerda, ingressou na área e rolou para trás, onde estava Oscar que ajeitou e bateu colocado sobre o travessão.

Em uma mini-pressão, logo aos 28min, Damião ganhou da marcação do defensor passando o bico direito da área de ataque e chutou cruzado. Com a ponta dos dedos, o arqueiro rubro-negro desviou a bola que ainda se chocou mansamente com o poste antes de ir para fora.

Enquanto o Rubro-Negro paranaense exigiu de Muriel apenas uma defesa aos 20 minutos, na cabeçada de Manoel em cobrança de falta de Paulo Baier, o Inter quase abriu o marcador aos 34. Foi no arremate de Oscar à direita de Renan, após passe de Zé Roberto em jogada pela direita.

Ainda aos 9 minutos, Oscar caiu na disputa de bola com Deivid e o árbitro paulista Paulo César de Oliveira considerou normal o lance. No entanto, aos 46, o homem do apito se enganou ao anular o primeiro gol colorado. No escanteio cobrado da direita de ataque, o goleiro passou em branco e a bola se ofereceu limpa para o defensor apenas empurrar para a rede. Fora assinalada a falta de Zé Roberto em Renan Rocha.

Veio a segunda etapa e a artilharia aérea vermelha entrou em ação. Com 3 minutos Índio acertou uma cabeçada em direção ao chão obrigando o camisa 1 do Atlético-PR a executar uma bela defesa. No rebote o próprio zagueiro, já desequilibrado, ainda chutou no rebote para nova intervenção de Renan. No minuto seguinte, também de cabeça, Bolívar escorou para fora a falta levantada para a área.

Mas também foi só. O início empolgante esfriou na boa marcação do Furacão. Sem conseguir criar, mesmo com Oscar em campo, e achar espaço para a conclusão, o Inter tentava atacar, mas observava o tempo escoar e a paciência do torcedor ir embora.

Nova finalização foi acontecer somente aos 26min. No cruzamento de Zé Roberto da direita, Ricardo Goulart, que havia entrado 10 minutos antes no lugar de Fabrício, arrematou de primeira para o encaixe do goleiro.

Mas aos 29 não deu para Renan Rocha. No fundo pela esquerda, já dentro da área, Leandro Damião ganhou uma bola que parecia quase perdida e cruzou para o meio da área. Ingressando em velocidade, Oscar chegou batendo de primeira para então colocar o Inter em vantagem.

Com 33min, Ricardo Goulart ainda partiu em velocidade desde a intermediária de ataque até a área para concluir por cima. Até o apito final nada de chances de ampliar, no entanto, a defesa também não correu riscos de sofrer o empate.

Aos 41 minutos ainda deu tempo de Falcão trocar Ricardo Goulart por Glaydson e aos 45  Zé Roberto por Gilberto para dar uma parada no jogo.

 

> Campeonato Brasileiro
8ª rodada

Inter 1 x 0 Atlético-PR

INTER

Muriel; Nei, Bolívar, Índio e Kleber; Bolatti, Guiñazu, Oscar (Glaydson) e Fabrício (Ricardo Goulart); Zé Roberto (Gilberto) e Leandro Damião.
Técnico: Falcão.

ATLÉTICO-PR

Renan Rocha; Wendel, Manoel, Fabrício e Marcelo Oliveira; Cleber Santana (Nieto), Deivid, Kleberson (Branquinho), Madson e Paulo Baier; Edigard (Adaílton).
Técnico: Leandro Niehues

Gol:
Inter:
Oscar (29min/1ºT)

Cartões amarelos:
Inter:
Bolatti
Atlético-PR: Kleberson, Cleber Santana, Manoel

Árbitro: Paulo César de Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: Carlos Berkenbrock (Fifa-SC) e Vicente Neto (SP)

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: quarta-feira, 6 de julho de 2011
 
Público total: 12.094
Público pagante: 10.735
Renda: R$ 130,470,00

 

Final Sports

 

 

Postado: Clécio Marcos Bender Ruver
Vídeos

VI Rodeio Crioulo de Crissiumal




XXV Prost Fest




Domingo - 24/11/2019 Encontro Regional de Famílias Congregacionais

Local: Salão da Comunidade Evangélica Trindade de Crissiumal. Programação com participação de comunidades vizinhas e almoço ao meio dia.

Domingo - 24/11/2019 Festa do EC Sentinela de Esquina Butiá

Jogos amistosos pela manhã. Almoço ao meio dia. Boa música na animação.