Notícia

Clima - 07/06/2011 - Nuvem de cinzas vulcânicas já chegou a região


Nuvens de chuva da frente fria impedem a visualização do fenômeno

 

As imagens de satélite do CPTEC/INPE mostram que as cinzas vulcânicas atingiram o Estado nesta terça-feira e encobrem a região.



As cinzas são decorrentes do vulcão Puyehue — pertencente ao complexo vulcânico Puyehue-Cordón-Caulle, localizado no sul do Chile e a 870 km ao sul de Santiago .



A cobertura de nuvens gerada pela frente fria que atua na região e provocou 42mm de chuva em Crissiumal nesta terça-feira impedem a visualização do fenômeno, já que a nuvem de “fumaça” do vulcão está numa altitude superior a dez quilômetros, enquanto que as nuvens de chuva estão atuando numa altitude estimada em torno de 2 a 4 quilômetros. As cinzas avançaram ontem para o Norte com incrível velocidade, transportadas por vento intenso em altura (correntes de jato).

 

 

Especialistas em vulcanologia consultados pela MetSul Meteorologia relatam que durante as últimas horas houve uma diminuição na atividade do complexo vulcânico Puyehue-Cordón Caulle, na fronteira com Chile com a Argentina, mas o vulcão continua a expelir cinzas e rochas em grande altitude, podendo apresentar novas explosões significativas, como as do fim de semana, emitindo fluxo piroclástico.

 



A imagem de satélite acima é das 15:30. Abaixo imagens de Crissiumal nesta tarde, muitas nuvens, chuvisco e temperatura em declínio. As luzes da via pública já estava acesas as 16:15 devido a nebulosidade.



Fonte: Clic RBS Santa Rosa / Metsul Meteorologia, adaptação de texto e fotos Guia Crissiumal.

Postado: Clécio Marcos Bender Ruver
Vídeos

I Corrida Pela Saúde




I Encontro de Mulheres Empreendedoras




Sábado - 21/11/2020 26ª Prost Fest

Baile de Sol a Sol. Muitas Atrações e novidades.