Notícia

A pedido - 25/11/2019 - Vereadora Elisia Tormes divulga nota de esclarecimento


Leia na íntegra

A vereadora Maria Elisia Tormes, vem a público informar a todos sobre a nota de esclarecimento publicada no Jornal Colonial e no site Guia Crissiumal a respeito da Moção  de Apoio ao Magistério e Servidores do Estado, sobre o pacote de medidas apresentado pelo governador.

Quero esclarecer de que o requerimento com a moção de apoio foi apresentado de acordo com o regimento interno da Câmara Municipal de Vereadores. Na sessão do dia 18/11/2019 foi colocado em apreciação e por surpresa foi baixado para estudos, o que é de direito.

O que realmente me surpreendeu é que em nota de esclarecimento publicada, a justificativa usada , por ter sido baixada a referida moção foi porque me adiantei e fui intransigente em dividir com os demais colegas a autoria da proposta da moção e analisando também se teve como objetivo entrar para em próxima sessão, com moção de apoio ou repúdio, própria grupo, o que já está claro.

Cada vereador tem o direito de apresentar suas ideias, seus projetos, suas proposições e moções que são de sua autoria não necessitando dividir com os demais vereadores.

Os projetos Memória Viva, Vereador Mirim foram apresentados, pelo conhecimento que tenho, por apenas um vereador da época. Recentemente foi apresentado por um vereador um requerimento para colocar nome no auditório da câmara de vereadores e foi aprovado por unanimidade. Da mesma forma poderiam ter aprovado minha moção. Porque o requerimento da moção de apoio apresentado por minha pessoa deve ser dividida com os demais vereadores. Várias câmaras de nosso estado-RS apresentaram moção de apoio ao magistério e servidores e ou moção de repúdio ao governador e que também foi apresentado o requerimento por somente um vereador e apoiado pelos demais. Todos os vereadores terão sua representatividade apoiando a moção que representei.

Justifico de que acompanhei um grupo de professores e servidores em encontro em Três de Maio que tratou sobre o pacote do governo e fui solicitada por ser vereadora para apresentar a moção de apoio na câmara de vereadores e como nenhum vereador havia protocolado fiz o requerimento e a moção.

Estou ciente que estou correta e tento representar a toda população de Crissiumal no legislativo.

O vereador deve buscar conhecimento, ideias de sua autoria e não esperar que os outros tomem iniciativas para se apadrinhar. Até parece que se tem interesse político por poder e esquecem os problemas da comunidade.

Assim manifesto meu total apoio ao magistério e demais servidores do estado do RS e peço desculpas aos eleitores e população de Crissiumal que não merecem ler matéria em espaço que poderia ser ocupado para divulgar ações e projetos a favor da comunidade crissiumalense.

Postado: Leila Ruver
Vídeos

Primavere-se Ju e Ju Modas




Q-Fria entrega picolés Dia das Crianças 2020