Notícia

Educação - 14/11/2017 - Estudantes usam modelos matemáticos para resolver problemas comuns em indústrias


Atividades acontecem na FAHOR

Para aplicar o conhecimento teórico em situações reais demandados pelo mercado de trabalho, estudantes dos cursos de Engenharia de Produção e Ciências Econômicas desenvolveram uma atividade prática na disciplina de Pesquisa Operacional, ministrada pela professora Ivete Linn Ruppenthal, no Laboratório de Engenharia de Produção - LaPOP.

De acordo com a professora, foram apresentados problemas que ocorrem nas empresas e que exigem um adequado planejamento da equipe e posterior execução para a tomada de decisão. “Ao contrário de receber problemas prontos, algumas questões exigiram a coleta de dados (em simulações) para, após, elaborarem o modelo matemático e por fim, resolver o problema através de um software específico”, destacou  a professora Ivete.

Um dos problemas frequentemente encontrado nas indústrias é o corte da matéria prima, de peças grandes em peças menores, o qual gera desperdício. “Neste sentido, um dos problemas apresentados aos acadêmicos consistiu em elaborar combinações de planos de cortes, calcular os desperdícios gerados por estes cortes, e elaborar o modelo matemático para reduzir o custo da empresa, impactando diretamente em sua lucratividade.

Foi proposto ainda um problema de alocação de tarefas utilizando a linha de produção do Ford T, o qual consiste em seis postos de trabalho, sendo que cada integrante do grupo deveria ser alocado por meio do cálculo do modelo matemático, visando minimizar o tempo total de produção. “Inicialmente foi cronometrado o tempo de cada integrante em cada posto de trabalho, elaborado o modelo matemático baseado nos tempos e depois, realizados os cálculos do modelo matemático alocando os integrantes aos respectivos postos de trabalho”, explicou Ivete.

Outro problema encontrado no dia a dia é com relação a localização. “Foi apresentada a necessidade de instalação de telefones de emergência em locais selecionados, com o objetivo de instalar o número mínimo de telefones, respeitando a necessidade de que cada uma das ruas fosse atendida por no mínimo um telefone, tendo no máximo, oito localizações de telefones. Com a resolução do modelo matemático chegou-se a solução de que é necessário instalar apenas quatro telefones, atendendo todas as ruas do Campus”, informou a professora.

Além destes problemas práticos, foram apresentadas outras situações recorrentes nas empresas com os quais os profissionais de Engenharia de Produção e Economistas se deparam.

Fonte: FAHOR
Postado: Clécio Marcos Bender Ruver
Vídeos

Acidente na ERS 207 22.11.2017




Futsete do CAD 21.11.2017




Sexta-Feira - 24/11/2017 II Festa das Borboletas

Salão Evangélico, com jantar e desfile de modas.Animação Gerasom e DJ Andreia.R$ 25,00 só para mulheres.

Sábado - 25/11/2017 Noite Cultural em Vila Bender

20h30min: Apresentações artísticas do Grupo Marcas do Sul, da Escola La Salle; e um show especial com o Grupo GEMP. Ingresso 1kg de alimento não perecível.

Domingo - 26/11/2017 Festa do Sentinela de Esquina Butiá

Jogos amistosos pela manhã, almoço ao meio dia e boa música na animação.

Sábado - 02/12/2017 Baile da cuca e da linguiça da AFPM

Local: Sede Social - Animação: Sonho Musical - Fichas com os associados

Sábado - 09/12/2017 Baile da cuca e linguiça

Zona trentini.Animação Luiz Carlos e Banda.Ficha com a diretoria. R$ 40,00 casal. ou fone 9 9964-9484