Notícia

Texto de Opinião - 11/01/2017 - A Revelação - Por Padre Renato Jose Rohr


Leia na íntegra

Revelado como filho de Deus o Emanuel, Deus conosco. Reconhecido pelos magos merecendo deles todo poder honra e glória simbolizados pelos presentes. Como nós nos revelamos junto aos irmãos?

 

Jesus logo é reconhecido, afinal, Ele é quem é, o filho de Deus, o Deus presente no meio da humanidade. Em toda a sua vida terrestre se mostrou coerente com a sua missão, veio salvar o humano que estava perdido. A vida de Jesus em momento algum deixou dúvidas quanto a sua obra. A fidelidade à vontade do Pai até à cruz mostra a sua autenticidade. Lembra-nos quando Deus se revela a Moises; “Eu sou aquele que sou” (Ex 3,14). Do começo até o fim de sua vida terrestre Jesus mostra a sua grandeza através de sua humildade. Suas palavras são de verdade porque sua vida é coerente. É reconhecido pelos magos, apresentado por São João Batista, reconhecido como Deus até pelos demônios que dizem: “Viestes aqui para nos perder” (Lc 4,34b). 

 

Ele é o filho de Deus. Assim Ele se apresenta e assim Ele é reconhecido. E nós que fomos criados à imagem e semelhança de Deus, nos apresentamos e somos reconhecidos como tais? O que os outros falam e podem falar de nós. As nossas palavras e atitudes dão testemunho que somos realmente imagem e semelhança de Deus? Os outros podem ver em nós o rosto de Deus? Durante a nossa vida por palavras ou atitudes nos revelamos aos outros quem realmente somos. Somos de Deus ou somos do mundo? O nosso testemunho é divino ou mundano? Buscamos as coisas do alto ou as coisas de baixo? Buscamos as coisas materiais ou espirituais? Carregamos a cruz ou fugimos dela?

 

É estranho ver pessoas que deveriam ser sinal e imagem de Deus demonstram atitudes que não são próprias de um filho de Deus. Certos indivíduos pelas suas atitudes com seus semelhantes agem como se fossem feras. Cada um, durante a vida, se revela quem de fato é. É normal o ser humano temer as feras silvestres. Não é normal o ser humano ter que temer o próprio semelhante. O que constatamos? Homens e mulheres presos porque são perigosos. Não é normal o ser humano ficar atrás das grades como também não é normal os que estão livres terem que se proteger atrás de cadeados e muros altos. Infelizmente, grande número de seres humanos, não se revela como bom para os demais.

 

Jesus em toda sua vida pública, em tudo e com todos se revelou como bom Deus e bom humano. Cada um se revela nas atitudes quem é. Ao olharmos a vida dos outros vemos gente boa, coerente, fiel, uns bons outros nem tanto. É hora de cada um pensar, afinal, como eu me estou revelando para os demais? O que os outros podem falar e de fato falam a meu respeito. Não agimos pelo que os outros falam de nós ou não, mas, isto pode ser um parâmetro. Deus nos criou à sua imagem e semelhança e pelas nossas atitudes nos revelamos ao demais quem e o que somos. 

 

Ariquemes, 11/01/17 Pe. Renato José Rohr scj.

Postado: Leila Ruver
Vídeos

Musa AGC 2017




60 Anos da Igreja Congregacional de Crissiumal




Sábado - 27/05/2017 Festa de Aniversário de 75 anos da Escola Tuiuti de Vista Nova

Com diversas atrações.

Domingo - 28/05/2017 Festa de 8 anos da Escolinha Rubro-Negra

Jogos pela manhã, almoço ao meio dia no CESIC. Fichas ao valor de R$ 18,00 com a diretoria.

Domingo - 11/06/2017 Festa da Colheita Comunidade Evangélica Trindade de Crissiumal

Culto as 10:00 horas, após almoço. Fichas a venda com a diretoria ao valor de R$ 18,00 por pessoa.Animação Ireno e Dari Banda Festão. Fichas limitadas. Trazer talheres.