Notícia

Curiosidades - 10/06/2016 - Ciclistas da Colômbia e Espanha que pedalam pelo mundo estão em Crissiumal


Guia Crissiumal ouviu os ciclistas na noite desta sexta-feira

Dois ciclistas, um espanhol e um colombiano, que percorrem o mundo sobre duas roda, fazendo o cicloturismo chegaram a Crissiumal na noite desta sexta-feira (10).

 

O Guia Crissiumal esteve com a dupla na noite desta sexta-feira no Pointbeer do empresário Vanderlei Simionato, onde jantaram ao lado do coordenador do grupo de ciclistas Ciclismo Crissiumal, Marcos Zanella.

 

A história começou há 10 anos, quando Juan Ramón Virumbrales – Raymon, morador de Madrid na Espanha começou a pedalar em uma bicicleta, conhecendo seu próprio pais, Portugal, Alemanha, entre outros países mais próximos. Em seguida ele começou a viajar mais longe, indo a Suécia, Dinamarca, Islândia e os países do leste Europeu. 

 

Assim Raymon conheceu a Ásia, a Africa e chegou no ano passado a Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, vindo de avião de Madrid. Da Bolívia partiu para o Peru, descendo a costa chilena, indo para o sul da Argentina, percorrendo a costa argentina e a do Uruguai, onde conheceu o colombiano Carlos, da cidade de Zipaquira, a poucos quilômetros de Bogotá. Desde então pedalam em dupla.  

 

Carlos deixou para traz sua família, e pretendia conhecer a Patagônia e retornar a Colômbia, mas acabou ficando por um tempo no Sul da Argentina, por problemas físicos e relatou que nos próximos meses, depois de voltar a ver sua família na Colômbia, pretende seguir viagem, rumo a América Central. Talvez acompanhando Raymon.

 

A dupla deixará Crissiumal na manhã deste sábado, na companhia de Marcos Zanella irão pedalar até o Porto Soberbo, onde os ciclistas estrangeiros ingressarão na Argentina, para pedalar até a tríplice fronteira, onde pretendem ficar hospedado em uma casa de ciclistas, que recebe cicloturistas de todo o mundo, na cidade brasileira de Foz do Iguaçu. Depois a viagem percorrerá Paraguai, Mato Grosso, rumo ao Norte brasileiro.

 

Perguntados por que irão a Foz do Iguaçu pela Argentina os ciclistas responderam - pela natureza exuberante no trajeto.

 

Ao Guia Crissiumal os ciclistas relataram alguns detalhes. Na noite passada eles dormiram em Nova Candelária. A noite desta sexta-feira eles passarão na Brigada Militar de Crissiumal a quem eles agradecem. Segundo eles o País mais receptivo entre os quais eles passaram é o Brasil. 

 

Em seu site, no projeto Outra Vida Es Possible, Raymon destaca que se tivesse que responder por que viaja em uma bicicleta, ele responderia que simplesmente era por lhe fazer muito feliz, já que viajar com poucos recursos lhe traz a possibilidade da superação, do sacrifício, sendo a vida simples, muito mais rica. A bicicleta lhe proporciona também, o encontro com as pessoas, um lado mais social, junto à natureza. “Verdadeiramente aprendemos a viver”, finaliza Raymon.

 

O Guia Crissiumal agradece imensamente ao parceiro Marcos Zanella, do grupo Ciclismo Crissiumal por proporcionar o contato com Raymon e Carlos.

 

Fonte / Foto: Guia Crissiumal

 

Postado: Clécio Marcos Bender Ruver
Vídeos

Apresentação do Teatro Biriba para alunos de Crissiumal




Dia D Combate ao Aedes 2017