Notícia

Ageleite - 07/05/2014 - Momento Leite Edição 417


Confira os destaques desta edição

Preços de produtos lácteos registram nova queda – O leilão realizado nesta terça-feira (06/05) pela plataforma gDT (Global Dairy Trade) apresentou queda de 1,1% no preço médio dos produtos lácteos. A continuidade na redução do valor médio dos produtos comercializados agora se estabelece pela sexta vez consecutiva.

Para piorar a situação, a queda de preço, veio acompanhada de redução também no volume comercializado, na ordem de 4,45% em relação ao segundo leilão de abril (15/04).

O valor de leite em pó integral apresentou queda de 1,7%, fechando em US$ 3.928 (três mil, novecentos e vinte e oito dólares) a tonelada.

O leite em pó integral registra até agora uma queda acumulada de 24,46%. (Milkpoint – adaptatdo p/Reage Consultoria)

 

Brasil comprará leite em pó da Argentina - A cota de importação continua a ser de 3,6 mil toneladas de leite em pó por mês, considerando os leites desnatado e integral. Esse é o resultado da reunião sediada segunda-feira (28/04/14), pelo Sistema OCB, em Brasília, e que envolveu representantes do setor lácteo brasileiro e argentino. A negociação entre os setores privados, brasileiro e argentino, conta com a anuência dos dois governos, por isso, os ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, do Desenvolvimento Agrário e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior participaram como observadores. 

As exportações de leite da Argentina cresceram 50% no primeiro trimestre de 2014 ante o mesmo período de 2013, e atingiram US$ 235 milhões, segundo dados do Indec. O Brasil, mercado tradicional para o leite argentino, foi substituído pela China na terceira posição.

Os números preliminares da média diária das importações de leite e derivados, em dólar, na quinta semana de abril de 2014 foram 13,3% maiores em relação a março 14. (Terra Viva – adaptatdo p/Reage Consultoria).

 

Alta do preço do leite preocupa os consumidores - Entre março e abril, o preço do leite longa vida subiu 12,49%. Para driblar o aumento, consumidores estão comprando menos e pesquisando mais. O vilão dos preços altos, agora, é o leite longa vida. O produto subiu 12,49% entre março e abril, 11 vezes a mais que a inflação no mesmo período, que foi de 1,11%. O consumidor sentiu o aumento drástico no bolso, pois o valor do leite estava em queda desde o começo do ano. Apesar de a alta ser normal no outono por um problema sazonal, desequilíbrios climáticos colocaram o preço nas alturas. Alguns consumidores mudaram a tática de compra do leite por causa do preço. Pesquisam mais, para achar promoções e preços menores. Dependendo do valor do produto em promoção compram em maior quantidade, para aproveitar o desconto, forçando o mercado a operar com preços menores. (Diário Gaúcho – adaptado por Reage Consultoria) 

 

A AGELEITE vende sal mineral de ótima qualidade, ótimo preço, boa procedência e com assistência técnica. Lembre-se: o sal mineral mantém os animais produzindo mais e por mais tempo. 

 

Pare e pense: "O trabalho é como barbear-se. Não interessa se você fez um ótimo trabalho hoje, terá que repetir a performance amanhã." (Autor desconhecido)

 

O "Momento Leite" prima pelo respeito e cita todas as fontes das notícias e informações.

 

Para acompanhar os destaques do Momento Leite acesse: www.guiacrissiumal.com.br

Postado: José Valdenir Mallmann
Vídeos

Final Liga Tuparendi 2017




Chinelos De Capacho




Sábado - 30/09/2017 Setember Fest em Vista Nova

Animação Os Atuais.

Sábado - 14/10/2017 Baile da Cuca e da Linguiça do Tupi

Com sorteio de moto 0KM. Animação Produção Musical. Local CTG Estância da Saudade.

Sábado - 21/10/2017 Baile da cuca e linguiça do CPM da Escola Riachuelo

Vila Planalto, Crissiumal, Ingressos R$ 20,00 por pessoa com a direção. Animação: Banda Produção Musical