Notícia

Ageleite - 04/06/2014 - Momento Leite Edição 429


Confira os destaques desta edição

Mercado interno desaquecido sinaliza queda do preço do leite - O preço do leite ao produtor não se deve sustentar nos próximos meses, segundo expectativas de agentes do mercado, pois em muitos estados, a demanda pela matéria-prima se desaqueceu. Desde o final de maio se observa queda nos preços dos derivados e principalmente do leite UHT (longa vida) no mercado atacadista e varejista. Para o mês de junho acredita-se em queda nas cotações do preço ao produtor na maioria das regiões do Brasil. (Milkpoint – adaptado por Reage Consultoria)

 

Leilão Fonterra registra mais uma queda dos preços de produtos lácteos – O leilão Fonterra, usado como indicador oficial da situação do mercado internacional dos laticínios registrou nesta terça-feira, (03/06), queda de 4,2%, em relação ao evento anterior, fechando em 3.756 dólares a tonelada. E pelo comportamento futuro das cotações, as quedas devem se manter até o final do ano. O leite em pó integral, com a queda acentuada de 8,5%, volta a ter cotação menor que o leite em pó desnatado. Comportamento atual dos preços é similar ao verificado em 2012. O principal motivo desta descida continuada dos preços dos lácteos deve-se a uma abundância de leite no mercado internacional e uma menor procura por parte da China. (Terra Viva – adaptado por Reage Consultoria)

 

Produção de leite volta a crescer em várias regiões do Brasil - A produção de leite no agroeste de Pernambuco se recuperou com a volta das chuvas. Os produtores, além de reclamar de preços baixos não têm para quem vender a produção. Nos tempos de fartura, antes da seca, a bacia leiteira de Pernambuco chegou a produzir 2,5 milhões de litros de leite por dia.

Com pasto verde e em abundância no Sertão alagoano, a produção de leite aumentou cerca de 50%, de acordo com a Associação dos Produtores de Leite de Jaramataia do Estado de Alagoas.

Mato Grosso do Sul produz em torno de um milhão de litros de leite por dia, mas a população do Estado não consume a metade. (Terra Viva – adaptado por Reage Consultoria)

 

França se prepara para exportar produtos lácteos ao Brasil - O governo da França declarou nesta terça-feira, dia 03/06, que aguarda "rápidas soluções" para poder exportar produtos lácteos ao Brasil, principalmente após a visita de inspetores sanitários brasileiros a empresas francesas em maio. Em comunicado, o ministro de Agricultura da França, Stéphane Le Foll, enalteceu o avanço dos trâmites para que as empresas francesas possam exportar lácteos ao Brasil. Essas diretrizes teriam sido firmadas no último dia 27 de maio, quando o ministro de Agricultura do Brasil, Neri Geller, foi a Paris tratar do assunto. Le Foll demonstrou seu interesse para que "se encontrem rápidas soluções concretas em diversos temas, em particular para os produtos lácteos". (Exame / Portalácteo)

 

Pare e pense: “Tudo o que acontece uma vez poderá nunca mais acontecer. Mas tudo o que acontece duas vezes, certamente acontecerá uma terceira.” (Paulo Coelho)

 

 

O "Momento Leite" prima pelo respeito e cita todas as fontes das notícias e informações.

 

Para acompanhar os destaques do Momento Leite acesse: www.guiacrissiumal.com.br

 

 

Postado: José Valdenir Mallmann
Vídeos

Oficina de culinária para as cozinheiras e merendeiras das escolas municipais




Encerramento Ano Letivo 2017 Madre Paulina




Domingo - 17/12/2017 Final Copa Yucumã de Velocross

No Parque Balneário Amorim em Crissiumal.

Sexta-Feira - 29/12/2017 Baile da Cuca, Linguiça e Picadinho em Linha Principal

Fichas a venda com a diretoria a R$ 35,00 o casal. Início 21 horas.

Domingo - 18/02/2018 IX Encontro da Família Bender em Crissiumal

No CTG Estância da Saudade. Recepção pela manhã, almoço ao meio dia e boa música. Contato no fone (55)99613-9195 com Emerson Bender.